Terceira Idade: Ossos, Músculos, Coração

Terceira Idade: Ossos, Músculos, Coração

Uma alimentação sadia, a prática regular de exercícios e a manutenção da mente alerta ajudam a controlar o declínio gradual das funções do organismo como efeito do envelhecimento.

Os ossos

Depois dos 60 anos, quase todas as mulheres sofrem de alguma forma de artrite ou de inflamação das juntas. A osteoartrite atinge principalmente quadris, joelhos, tornozelos e pés: a cartilagem entre as juntas se desgasta, provocando um espessamento das duas extremidades do osso, dando origem ao quadro de artrose.

Depois da menopausa, as mão das mulheres podem ser afetadas pelo espessamento ou deformidade das últimas juntas dos dedos: são os nódulos de Heberden. Também sentem os efeitos da osteoporose, uma rerefação gradativa dos ossos por perda de cálcio e proteínas – que pode levar a um colapso das vértebras redundando em costas abauladas, a ” corcunda da velha senhora”.

Os músculos

Com idade, ocorre uma redução gradativa da velocidade e força das contrações musculares, da capacidade manter um esforço, da elasticidade do músculo (por aumento do tecido fibroso não elástico). Diminuem o numero de fibras e a quantidade de proteína no músculo.

O coração

Após os 55 anos, o coração já começa a trabalhar mais lentamente (menos 72 batidas por minuto); a pressão sanguínea tende a subir acima dos 120×80, provocando o espessamento das artérias, que tendem a ter seu lúmen estreitado enquanto suas paredes engrossam com depósitos de gordura calcificada (arteriosclerose), com possibilidades de coágulos no sangue.

Depois dos 60 anos, a maioria da mortes está relacionada às doenças cardiovasculares.

1 Comentário


  1. muito bom da para orientar minha mãe q amo de +++++ obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *