Operação de Redução de Estomago

Operação de Redução de Estomago
Operação de Redução de Estomago

A operação de redução de estômago é uma grande aliada para as pessoas que querem emagrecer, mas por motivos diversos não conseguem perder peso do modo convencional. Geralmente são os obesos que procuram essa cirurgia, pela dificuldade que sentem de praticar exercícios físicos e controlar a alimentação. O excesso de peso compromete a auto-estima da pessoa, assim como traz riscos à saúde. Geralmente as pessoas obesas desenvolvem doenças como apnéia do sono, hipertensão, diabetes, artrite, etc. com mais facilidade.

Quem está pensando em realizar a cirurgia,  primeiramente deve procurar auxílio médico. Não é qualquer pessoa que pode realizar, e o sucesso desse procedimento depende fundamentalmente do paciente.

Procedimentos da Cirurgia

A cirurgia de redução de estômago é considerada complicada. O procedimento é invasivo, por isso é preciso ter muito cuidado antes de realizá-la.

Esses são alguns procedimentos que podem ser realizados na cirurgia de redução de estômago

Restritivas: Limita-se a ingestão de alimentos, com a colocação de uma cinta inflável de silicone. Essa cinta fica na parte superior e externa do estômago. Devido ao fato do alimento chegar na bolsa primeiro, o paciente sente uma sensação de saciedade precoce.
Depois, a comida desce lentamente para o estômago, onde a digestão se processará normalmente. O procedimento dura ém média de uma a duas horas, e a estimativa de perca de peso é 20% do peso inicial. Essa técnica dispensa anestesia e a reversão é mais descomplicada que as outras. Porém, a persectiva de perda de peso é menor em comparação aos outros procedimentos.

Mistas Restritivas: através desse procedimento, é possível desviar o alimento direto para o intestino. É construído um novo estômago, e colocado um anel de contenção. A cirurgia dura de duas a quatro horas, com perda de peso de 35% a 40% do peso inicial.Porém é necessário atentar para as restrições pós cirúrgica. Recomenda-se não ingerir alimentos doces, devido a possibilidade de regurgitar.

ISSO É INTERESSANTE !:  Inchaço no peito: Causas

Mistas Disabsortivas: retira-se parcialmente o estômago, de 70 % à  80%. Dessa forma, o alimento não entrará em contato com as enzimas digestivas, o que irá evitar que absorva boa parte dos açucares e gorduras ingeridos. É  indicado para pacientes muito obesos. O procedimento dura de 3 a 4 horas, com estimativa de 35 a 50% de perda de peso inicial. Balão Intragástrico: é introduzido no paciente uma prótese de silicone em formato esférico, e preenchido com 500 à 800 ml de líquido. O balão permanece de 4 a 6 meses, e depois é retirado. Sua função é mandar para o cérebro sinal de saciedade. Esse procedimento é indicado para pacientes muito obesos, que necessitam perder peso antes da cirurgia definitiva. O tempo cirúrgico estimado é de uma a duas horas, com estimativa de perca de peso de 10 a 15 kilos. Não existem para este procedimento, restrições pós cirúrgicas, e são pouquissimos os riscos de complicações.

Onde realizar a cirurgia

As clínicas particulares oferecem a cirurgia. Em média, uma cirurgia de redução sai em torno de 5.000, podendo chegar até 35.000. Tudo depende do procedimento escolhido pelo paciente. É possível realizá-la também no convênio médico, caso o paciente tenha. No Sus também é possível fazer a cirurgia. Independente de onde for realizar,  o importante é procurar um especialista e seguir rigorosamente orientações médicas.

1 comentário


  1. gostei do assunto, perfeito explicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *