Hemorróidas – Tratamento pelo SUS

Hemorróidas – Tratamento pelo SUS

Hemorróidas – Tratamento pelo SUS

Os pacientes que tem hemorróidas já podem contar com o SUS (sistema único de saúde) para realizarem todo o tratamento necessário. A hemorróida é uma inflamação ao redor do ânus, que causa dor e inflamação. É preciso procurar um especialista para que você possa ser diagnosticado, e ter o tratamento necessário para a hemorróida.

Alguns sintomas são imprescindíveis para se detectar a doença, como por exemplo, sangramento na própria fezes, dor na hora de defecar, entre outros. Vários fatores podem ocasionar a hemorróida, e um destes fatores ocorre quando o  paciente faz muita força no intestino, seja por que está com diarréia ou não. Isso é prejudicial, e leva ao desenvolvimento da doença.

ISSO É INTERESSANTE !:  Sinais da Adolescência: Quando começa e como perceber

A doença pode adquirir vários estágios, e por isso é fundamental que o  paciente tenha consciência,  e procure um especialista o quanto antes.

O SUS oferece tratamento gratuito a todos os cidadãos. É possível fazer a cirurgia, caso seja necessário de forma gratuita.  Agende uma consulta com um especialista, para tirar mais informações, e saber qual o tratamento indicado para a sua doença. Procure o SUS e busque mais informações.

Ajude o site, avalie:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...
17 Responses to “Hemorróidas – Tratamento pelo SUS”
  1. Semíramis 10 de outubro de 2016
  2. ivanildo francisco de lima 1 de maio de 2016
  3. priscilla 15 de junho de 2015
  4. Emerson Pereira 17 de maio de 2015
  5. rafaele 9 de julho de 2014
  6. neide souza 4 de setembro de 2013
  7. lilian 25 de julho de 2013
  8. Carlos Antonio da Silva Santos 23 de julho de 2013
  9. Luciana 15 de julho de 2013
  10. KARLA BIANCA LEITE 26 de maio de 2013
  11. jaqueline 30 de julho de 2012
  12. jheny 10 de julho de 2012
  13. Mariana 28 de junho de 2012
  14. Manoel Messias 12 de maio de 2012
  15. maria katia 5 de dezembro de 2011
  16. adriana de freitas 19 de março de 2011
  17. jocelin vasconcellos 11 de fevereiro de 2011

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *