Coren PB – Site, Telefone e Endereço

Profissional fundamental para garantir o bem estar do paciente tanto em hospitais, como pronto-socorros, clínicas e postos de saúde, o enfermeiro presta um importante serviço à população, já que é encarregado de ministrar o tratamento de saúde prescrito pelo médico, além de oferecer todo o suporte necessário ao profissional durante a realização de exames e cirurgias.

Coren PB

O enfermeiro é o profissional da área da saúde que mantém o contato mais próximo com o paciente, devendo ter o cuidado de ministrar corretamente a medicação prescrita pelo médico, além de se preocupar com o bem-estar das pessoas que estão internadas, especialmente em leitos de UTI ou se recuperando de cirurgias delicadas.

Qual site oficial , endereço e telefone da Coren PB

Com sede na Avenida Maximiano Figueiredo, 36-  Centro Empresarial Bonfim, 3º Andar, no centro da capital paraibana, o Coren-PB possui excelente infraestrutura para atender aos profissionais e a defender os seus interesses. Para obter maiores informações, entre em contato pelos telefones: (83) 3221-8758 – (83) 3221-8963 ou pelo seu site oficial: http://corenpb.gov.br/wp/

Por terem uma função extremamente importante em nossa sociedade, a profissão é fiscalizada pelo Conselho Regional de Enfermagem (Coren) de cada estado da Federação, que cada vez vem demonstrando a sua importância.

Isso acontece porque, apesar de sua importância, a profissão não é tão valorizada em nosso país, sendo os profissionais mal remunerados e exercendo longas jornadas de trabalho, muitas vezes com mais de um emprego para garantir o seu sustento.

Além disso, em todo o Brasil estão sendo abertos diversos cursos de Enfermagem e de Técnico em Enfermagem, e em diversos estabelecimentos de saúde passam a contratar técnicos ou auxiliares de enfermagem no lugar de enfermeiros com curso superior, o que pode prejudicar a qualidade do serviço prestado, e até mesmo a eventuais tragédias, como o que costumamos ver com regularidade nos noticiários.

São inúmeros os casos de profissionais não capacitados que realizam procedimentos que põem a saúde do paciente em risco, como o que aconteceu recentemente no Estado de São Paulo, quando uma auxiliar de enfermagem injetou vaselina líquida ao invés de soro na veia de uma adolescente, levando-a a óbito.

Dessa forma, cabe ao Coren de cada estado fiscalizar os profissionais de enfermagem que estão atuando em sua região. No caso do Coren do Estado da Paraíba, a situação não é diferente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *