Advogado Grátis – Online pela Internet

 

.

 

Advogado Grátis – Online pela Internet

Advogado Grátis – Online pela Internet

Advogado Grátis – Online pela Internet

A internet tem facilitado a vida de muitos brasileiros. Para quem deseja ficar antenado com todas as noticias que acontecem no mundo, e quer ficar por dentro de informações diárias, a internet é um meio rápido e fácil para se obter qualquer tipo de informação. Através da internet, os usuários podem se informar, e solucionar muitos problemas de forma rápida e fácil.

Para você que preza pela facilidade, e não abre mão da comodidade, com certeza a internet é um veiculo essencial. Um serviço que pode ser contratado pela internet, e que tem ajudado muitos brasileiros para resolverem pendências perante a justiça, é o advogado online.

O advogado grátis online pela internet pode ser encontrado em vários estados do Brasil, sendo que este é um serviço de qualidade, que preza pela excelência, e não perde em qualidade para os serviços de forma presencial. Alguns escritórios disponibilizam este serviço, que embora pareça estranho, pode acreditar: ele existe.

A possibilidade de ter os seus problemas resolvidos de forma online tem facilitado a vida de muitas pessoas, pois a internet possibilita este contato com um advogado, que responde as suas dúvidas através de email. Para quem mora em São Paulo, o serviço está disponível através do email atendimento@defensoria.sp.gov.br Aproveite esta facilidade.

53 Comentários

sobre Advogado Grátis – Online pela Internet

  1. kleber

    11 de março de 2014 at 20:31

    boa noite.eu trabalhei 1 semana no mcdonalds e resolvi sair mais eles nao derao baixa na carteira e nada pra assinar,mandarão esperar entrarem em contato,pois fiquei registrado 2 meses e estavam depositando pagamento,porem faz 10 dias que terminou meu contrato e eles não me pagam os dias que fiquei registrado e nem me ligam.oque devo fazer?

  2. Jaime

    24 de outubro de 2013 at 20:03

    Boa noite,

    Estou com um sério problema. Adquiri gratuitamente por telefone 3 meses de revista da editora Globo. Porém na minha fatura esses 3 meses “gratuitos foram cobrados”. Reclamei com o SAC e o mesmo me devolveu a quantia em cheque nominal. Antes que terminassem estes 3 meses “gratuitos” cancelei o recebimento das revistas, pois se não houvesse cancelado me tornaria um assinante automaticamente. Parei de receber as revistas, porém as faturas continuaram chegando e tive que pagar por elas. A editora me disse que eu receberia um estorno, mas isso nunca ocorreu, já fazem mais de um ano que se passaram e nada de estornarem o meu cartão. Todas as faturas foram pagas. Pelo que entendo pelo código de defesa ao consumidor eu teria direito a receber a quantia do que me foi cobrado em dobro, correto? Mas e os danos morais que tive que me passar. Perdi tempo do meu serviço tentando ligar para o SAC solucionar o meu problema e nada foi feito até o momento. Gostaria de saber se eu teria o direito de fazer um acordo diretamente com a empresa editora Globo para receber a quantia em dobro do que foi cobrado indevidamente e uma quantia por danos morais por ter me feito perder muito do meu tempo com telefonemas, envio de fax das faturas e e-mails….fora o grande aborrecimento que passei. Não quero perder mais do meu tempo para levar isso para o juizado de pequenas causas porque isso leva tempo para ser solucionado. Então gostaria de saber se é possível entrar em um acordo com a editora e receber o que tenho direito. Quanto posso pedir de indenização neste caso? Por favor me ajudem a solucionar este problema. Até ameacei a editora Globo que mandaria a imprensa para solucionar o problema e mesmo assim eles ainda me pediram mais tempo para avaliar minhas faturas que envie diversas vezes. Um acordo é uma forma legal de solucionar o caso, o que devo fazer? Obrigado pela atenção. Aguardarei uma resposta.

    Jaime

  3. nadja cunha

    17 de outubro de 2013 at 18:22

    aluguei um imovel por 12 meses, paguei adiantado os 12 meses, agora se passado 6 meses, quero sair do imovel por motivos familiares.se eu paguei 12 meses, a imobiliaria tem que me ressarcir quanto, ja que eu paguei um ano adiantado?

    quais os meios legais para ressarcimento dos alugueis ja pagos?

  4. Mery

    25 de julho de 2013 at 20:10

    tenho um proc trabalhista desde 2009, fase de calculos,ja teve TST e voltou a vara de origem….Meu advg informou que estaria aceitando os calculos do perito indicado pelo juiz e que provavelmente em 2 meses estaria recebendo os valores.No entando hj ligou dizendo que a reclamada propos um acordo:pagar valores mas que eu teria de ser desvinvulada da empresa/demissão,já que estou ainda na ativa; ainda comentou q se eu nao aceitasse meu processo levaria 3 anos ainda pra finalizar….Qdo questionei do q havia dito anterirormente ele falor que eu entendi errado e que tratava-se apenas de conclusao de calculos e nao de pagamento”.Isso procede?Será um jogo de interesses?Forçar minha demissao?Oque devo fazer?Preciso dar retorno em 2 dias sobre o q decidi…Me ajudem por favor

  5. priscila ramos de lima

    5 de março de 2013 at 9:52

    moro junto a 12 anos desse relacionamento temos dois filhos eu to querendo sair de casa me separar dele mais ele não asseita gostaria de saber o que eu faço pra me separar mais não perder direito nenhum o que eu deveria fazer?

  6. gislaine

    20 de fevereiro de 2013 at 11:55

    bom dia gostaria de tirar uma duvida fui casada a oito anos e meio e agora fui colocada pra fora de casa com três filhos de menor sem trabalhar sem ter pra onde ir com meus filhos gostaria de saber todos os meus direitos e o que eu possa esta fazendo.

  7. antonio claret procopio

    18 de janeiro de 2013 at 13:13

    estou separado a 17 anos minha ex mulher foi embora com outro quero faser o divorcio, nao tenho o endereço dela. preciso de ajuda,

  8. cristiane

    8 de novembro de 2012 at 22:27

    Ola, sou aux de enfermagem,trabelhei em uma casa de repouso,mas nao era registrada porem sai de la pois arrumei outro trabalho.tinha 11 dias para receber,mas eles descontaram o aviso previo de 50% gostaria de saber se esta correto??????

  9. Lucas

    30 de julho de 2012 at 17:49

    Olá, tenho 18 anos e trabalho em uma empresa no ramo de auto peças faz 1 ano e trabalhei como estoquista durante 5 meses, e o restante eu trabalho arrumando o sistema, estudo sobre sistemas e etc. e gostaria de saber, se acaso eles me dispensarem, terei direito de receber alguma coisa a mais, pois trabalhei com sistemas sendo registrado e ganhando como estoquista, tenho algum direito?

  10. luciana cristina rocha da silva

    12 de julho de 2012 at 12:46

    ola!gostaria de tirar uma duvida pra minha tia.ela trabalha em uma residencia como domestica a mais de 40anos.ela tem 67 anos e ainda nao e aposentada. neste tempo todo ela nunca teve registro em carteira somente a uns 5 anos que ela foi registrada.como fazer para ela ser aposentada pois o patroes sempre dizem que ainda nao deu o tempo de contribuicao. e os tempo que ficou sem registro .por favor tirem esta duvida pois minha tia esta sofrendo muito.

  11. Marco Aurelio Simon

    3 de julho de 2012 at 14:31

    Sou vigilante em uma empresa desde 2002, em 2007 fui diagnosticado com cancer de intestino, fiz tratamento com radioterapie , quimioterapia e posterior cirurgia. Após a cirurgia, fiquei com sequelas para o resto da minha vida( ostomizado ), depois de ter ficado afastado por auxilio doença por um periodo, fui aposentado por invalidez em setembro de 2010, mas ainda estou em tratamento, mesmo sabendo da minha situação a empresa em qual ainda tenho vinculo, pois não foi dado baixa na minha carteira de trabalho, suspendeu o meu convenio médico. Eles podem cancelar o meu convenio? Eu tenho como recorrer a essa decisão?

  12. eliana ferrera da sillva

    21 de junho de 2012 at 16:45

    eu gostaria de saber fui casada durante 15 anos meu marido nunca deixou eu trabalhar agora fas 6 meses q ele foi embora moro com minha mae e estou desempregada tenho 45 anos nao temos filhos eu tenho direito de pensao ainda nao estamos separados legalmente ele ja mora com outra

  13. ana

    21 de junho de 2012 at 11:24

    morei junto há três anos e meio,houve traição da minha parte. Sendo que tudo que temos adquirimos juntos e agora ele não quer me da nada. Fui busca os moves combinados, na qual seria televisão, mesa,armario e o tanquinho, a unica coisa que ele me permitiu pegar foi o tanquinho que quando cheguei a casa percebii que ele havia quebrado e a mesa. Não sei o que fazer, tudo compramos juntos e maioria das coisas foi em meu nome, que inclusive esta sujo, combinamos que enquanto eu pagava o emprestimo, ele pagava as outras coisas e não foi cumprido da parte dele. O que fazer?

Deixe seu Comentário sobre - Advogado Grátis – Online pela Internet

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>